• Frete Grátis acima de R$ 299 para regiões Sul e Sudeste, demais regiões R$ 399
0
Seu carrinho está vazio

Dicas

Desenvolvimento infantil: Fases, estímulos e aprendizagem.

Publicado em 09.03.2023 |
Visualizações
261 visualizações

Na infância existem várias descobertas e aprendizados, isso ocorre porque essa é a fase em que as crianças começam a se desenvolver e passam a entender melhor o mundo.

O desenvolvimento infantil é dividido pelas fases, além disso pode ser estimulado, inclusive faz muito bem incentivar alguns pontos.

O estímulo para o desenvolvimento infantil acontece dentro de casa mesmo e com situações corriqueiras.

Como por exemplo, uma brincadeira que incentiva a capacidade motora já pode se classificar como estímulo.

O importante é sempre priorizar o desenvolvimento de cada fase específica, sem tentar acelerar o tempo da criança e dando apoio.

Atualmente, existem muitas informações sobre o assunto, isso pode ajudar e também confundir os pais.

Pois, estamos sempre bombardeados de informações, o tempo todo. Para ajudar nesse processo, o nosso artigo traz um resumo completo com as informações, dicas e recomendações sobre o desenvolvimento infantil.

E se você ficou interessado (a) para conferir tudo isso, a solução é simples: basta continuar a leitura e prestar bastante atenção. Aproveite!

O que é o estudo do desenvolvimento infantil?

crianca brincando com blocos de montar

O desenvolvimento infantil é um processo de aprendizagem, onde as crianças começam a adquirir habilidades e capacidades sociais, emocionais, motoras e cognitivas.

Logo nos primeiros momentos da infância os pequenos já demonstram o seu potencial, por isso é importante incentivá-los.

Muitos estudiosos desenvolveram teses sobre esse assunto, o mais famoso é o psicólogo suíço Jean Piaget.

Ele ficou conhecido por realizar mudanças revolucionárias nos conceitos de inteligência infantil e no formato da educação.

A sua ideia central era de que o conhecimento é adquirido por meio de experiências e interatividade do ser com o ambiente.

De acordo com Piaget alguns fatores podem influenciar o desenvolvimento infantil, sendo eles: a hereditariedade, os problemas físicos, a alimentação e o ambiente.

A teoria de Jean Piaget é muito bem aceita até nos dias de hoje, isso mostra que é possível impulsionar o desenvolvimento infantil, especialmente dentro de casa, que é o ambiente em que a criança passa mais tempo e tem mais referências.

Sendo assim, entender sobre o assunto pode ser uma forma de ajudar o seu filho ainda mais. No próximo bloco vamos mostrar as fases do desenvolvimento infantil, confira logo abaixo!

Quais são as fases do desenvolvimento infantil?

incentivando o desenvolvimento infantil com pinturas

Sensório-motor

O estágio sensório-motor vai de 0 a 1 ano e 11 meses, nesse período as habilidades desenvolvidas têm relação com o conhecimento do mundo.

Sempre visando os sentidos e habilidades motoras. Ao final do desenvolvimento, começam as representações mentais

Pensamento pré-operatório

De 2 a 6 anos e 11 meses, acontece o estágio chamado de pensamento pré-operatório. Com isso, é possível a aplicação de símbolos, números e palavras para representar informações do mundo.

Dessa forma, iniciam as perspectivas individuais

Pensamento operatório-concreto

O pensamento operatório concreto vai dos 7 a 11 anos, é quando o raciocínio e as operações lógicas se tornam mais frequentes.

A criança começa a desenvolver uma percepção mais aguçada do presente e vai entender o mundo ao seu redor.

Pensamento operatório-formal

O último estágio faz parte da adolescência, um período marcado pela especulação sobre hipóteses, raciocínio dedutivo, imaginação, planejamento e pensamento abstrato

Esses são os estágios do desenvolvimento infantil cognitivo, mas também podemos classificá-los por tipos, seja físico, cognitivo, social e afetivo.

Para entender melhor, leia o resumo de cada um.

  • Físico

O desenvolvimento infantil físico é a coordenação motora, formada pela mente e a motricidade, o ato de pensar em pegar algo e realmente fazer isso. Com o tempo, o sistema nervoso e muscular vão se adaptando às necessidades.

No começo a criança desenvolve a coordenação motora grossa, que envolve atividades com braços, pernas e abdômen, depois acontece a fina, que é escrever, movimentar os lábios e olhos

  • Cognitivo

As habilidades cognitivas são definidas pela percepção auditiva, a responsabilidade social, a criatividade, a atenção, seja seletiva ou dividida, a memória de curto e longo prazo e o foco.

As habilidades devem trabalhar em conjunto, pois assim é possível estabelecer o raciocínio das atividades e realmente realizá-las.

  • Social

O desenvolvimento social está relacionado com a capacidade da criança de se conectar e interagir com as demais pessoas.

Ou seja, estamos falando da comunicação, essa parte pode e deve ser incentivada em casa e em outros ambientes como a escola.

  • Afetivo

O desenvolvimento afetivo está vinculado às emoções e aos sentimentos individuais. O processo faz com que a criança comece a entender quais são as suas vontades e como fazer para saná-las.

É onde ocorre o aparecimento dos interesses, da notificação, respeito e qualidades.

A inteligência emocional deve ser desenvolvida para que a criança possa experimentar estabilidade emocional e o autoconhecimento.

Quais os estímulos para o desenvolvimento infantil?

brincando com blocos de montar

Existem vários estímulos para cada uma das fases e para os tipos de desenvolvimento infantil. Por exemplo, os bebês devem ter brinquedos que ajudem na capacidade motora e pensante.

Não podemos esquecer que conversar com eles é uma maneira de introduzir a comunicação dentro do cotidiano.

Então, apresente para as crianças brincadeiras, músicas, filmes, tudo que representa o ser humano de forma completa.

Além de usar essas ferramentas é importante pensar no fator exemplo, as crianças estão sempre observando e podem replicar o comportamento dos pais e responsáveis.

Por isso, esteja ciente que a sua postura vai impactar o desenvolvimento infantil dos pequenos.

Outro detalhe importante é sempre manter em mente que vale a pena confiar em algumas decisões da criança.

Isso fortalece o senso de independência e autonomia, e estamos falando de coisas simples, como por exemplo, aos 7 anos já é possível deixar as crianças escolherem a peça de roupa preferida.

Inclusive, a Miau Moda Kids tem peças para todos os gostos e tudo confeccionado com altíssima qualidade, é um bom lugar para deixar o seu pequeno se divertir escolhendo.

Com essas dicas fica bem mais fácil entender melhor sobre o assunto.

Conclusão

Agora é possível incentivar o desenvolvimento infantil, lembre-se das informações e também, dê uma olhada no site da Miau Moda Kids.

Aceite os cookies e tenha uma melhor experiência em nosso site, consulte nossa Política de Privacidade.