• Frete Grátis acima de R$ 299 para regiões Sul e Sudeste, demais regiões R$ 399
0
Seu carrinho está vazio

Dicas

Brotoeja em bebê: como tratar e reduzir o desconforto no calor?

Publicado em 13.12.2023 |
Visualizações
291 visualizações

saúde das crianças é a coisa mais importante para os pais, por isso, o aparecimento de brotoejas em bebê pode causar tanta preocupação.

Afinal, esse tipo de dermatite pode causar muitos incômodos nos pequenos.

Por isso, é necessário saber como cuidar e aliviar os sintomas, ainda mais no verão, sabemos que as ondas de calor podem aumentar o surgimento das brotoejas.

É importante manter a calma, pois mesmo que seja algo desconfortável, a brotoeja não é uma doença gravíssima.

Então, antes do desespero tomar conta, os pais devem procurar algumas informações que podem ajudar no tratamento e até mesmo na prevenção do aparecimento de brotoejas em bebês.

Existem algumas dicas que podem ajudar para que o seu bebê possa aproveitar o verão sem o incômodo das brotoejas.

Pois, nesses casos é melhor se informar para ajudar os pequenos.

Pensando nisso, o nosso artigo tem todas informações necessárias sobre a brotoeja em bebê.

Continue a leitura para entender mais e lembre-se de compartilhar esse conteúdo com outras mamães e papais!

O que são brotoejas?

brotoeja em bebe

Antes de mais nada, vamos entender mais sobre o assunto. Confira!

Brotoeja é o nome popular da dermatite chamada de miliária. As dermatites são reações inflamatórias que podem aparecer na pele.

Os sintomas mais comuns da brotoeja em bebê são a formação de bolinhas avermelhadas ou transparentes, aparecimento de manchas vermelhas, coceira, queimação, erupções na pele e até mesmo saliências.

As brotoejas surgem nos bebês por conta da obstrução dos ductos das glândulas sudoríparas, que são responsáveis pela produção do suor.

Os ductos são responsáveis pelo transporte do suor até a pele, assim acontece o resfriamento do nosso corpo em situações de calor.

Com a obstrução dos ductos, o suor fica preso nas camadas mais profundas da pele, o que acaba provocando essa reação inflamatória.

É por esse motivo que essa dermatite costuma aparecer no verão.

Geralmente, a brotoeja é comum em bebês e crianças, por conta do tamanho dos poros, que é menor.

Inclusive, na primeira semana de vida é possível observar o aparecimento de brotoejas no bebê, especialmente em épocas mais quentes.

É importante saber que existem três tipos de brotoejas, isso é necessário para saber diferenciar as dermatites.

Vamos mostrar mais sobre essa questão no próximo bloco. Acompanhe a leitura!

Tipos de brotoejas

Já explicamos sobre o que a brotoeja e agora vamos entender os tipos. Confira!

Miliária rubra

Esse é o tipo mais comum de brotoeja, costuma ocorrer quando há uma obstrução mais profunda dos ductos da glândula sudorípara.

Dessa forma, o suor se espalha para camadas mais profundas da pele e acontece uma inflamação local, caracterizada por pequenas bolinhas vermelhas.

As bolhinhas causam muito incômodos, pois provoca coceira, e em alguns casos também causam dor e sensação de queimação na pele.

A brotoeja em bebê é realmente comum, porém no caso da miliária rubra é preciso ter uma atenção sobre a frequência.

Pois, se surgir com regularidade pode se tratar de um quadro de miliária profunda.

Nesse caso, grandes áreas da pele são afetadas, o que impede o suor e o resfriamento adequado do corpo.

Miliária cristalina

É o tipo de brotoeja mais branda, costuma surgir quando a obstrução dos ductos é superficial.

Os sintomas são caracterizados pela aparência de bolhinhas mais agrupadas, com líquido transparente.

A miliária cristalina não costuma causar coceira, pois não ocorre inflamação.

Miliária pustulosa

A miliária pustulosa é um tipo menos comum de brotoeja, acontece quando ocorre uma inflamação mais profunda.

Assim, as lesões são maiores e as bolhas apresentam inflamação com pus.

Viu como é importante saber a diferença entre os três tipos?

Assim é mais fácil entender quais são os sintomas do seu bebê e levá-lo ao médico se for necessário.

Por que as brotoejas aparecem?

brotoeja na perna de bebe

Como já explicamos anteriormente, as brotoejas no bebê aparecem por conta da obstrução dos ductos de suor.

Sendo assim, essa dermatite é mais aparente no verão, por conta do excesso de calor.

Porém, essa não é a única causa da dermatite, algumas substâncias químicas que obstruem os poros também podem agravar o problema.

Os maiores exemplos são os óleos corporais, cremes hidratantes ou bronzeadores mais oleosos. Além disso, a presença de febre alta também pode levar ao surgimento das brotoejas.

É importante lembrar que a pele das crianças, especialmente dos bebês, é muito sensível, por isso o cuidado deve ser redobrado.

Como evitar a brotoeja em bebê?

É essencial entender como algumas atitudes pequenas podem evitar as dermatites.

Sabemos que as brotoejas podem aparecer em qualquer lugar do corpo, porém, existem algumas regiões que podem ser mais afetadas, como por exemplo, as dobrinhas dos braços, pescoço, pernas e bumbum são os locais mais afetados.

Além disso, o rostinho dos pequenos também costuma sofrer com as brotoejas.

Para evitar o aparecimento de brotoeja em bebe vale a pena seguir algumas dicas. Observe:

  • evitar tecidos sintéticos, como o poliéster, opte pelas roupinhas com tecidos de algodão, que são transpiráveis;
  • evitar banhos muito quentes;
  • deixar o ambiente bem ventilado e com temperatura mais branda;
  • cuidar com o excesso de roupas e evitar agasalhar demais o bebê em dias de temperatura mais amena;
  • se a criança for propensa às brotoejas, é importante evitar atividades que façam com que ela transpire em excesso.

Como tratar e aliviar o incômodo?

As brotoejas costumam desaparecer sozinhas quando a umidade e o calor diminuem.

Por isso, é importante manter o ambiente sempre bem arejado e fresco, pois ajuda a aliviar os sintomas.

Entretanto, quando essa dermatite começa a causar coceira, a criança sente mais desconforto, que pode ser amenizado com a hidratação da pele e o refrescamento do local afetado.

Isso geralmente causa uma sensação de alívio nos pequenos.

Quando o bebê já estiver com as brotoejas também é necessário evitar o uso excessivo de sabonetes, que podem ressecamento da pele e obstruir ainda mais os poros.

Se perceber uma piora no quadro do bebê, consulte um dermatologista infantil.

Conclusão

Com todas essas informações você já sabe como evitar e cuidar da brotoeja em bebê.

E claro, conte com a Miau Moda Kids, temos diversas roupinhas infantis feitas de algodão para evitar tais dermatites e irritações.

Aceite os cookies e tenha uma melhor experiência em nosso site, consulte nossa Política de Privacidade.